Agosto 2017

12/08

17:30

SESSÃO PIPOCA - O CONTO DA PRINCESA KAGUYA - Arsenal - Cinema
  • (Isao Takahata, Japão, Animação/Aventura, 2015, 137min.)
    Esta animação é baseada no conto popular japonês "O corte do bambu". Kaguya era um minúsculo bebê quando foi encontrada dentro de um tronco de bambu brilhante. Passado o tempo, ela se transforma em uma bela jovem que passa a ser cobiçada por 5 nobres, dentre eles, o próprio Imperador. Mas nenhum deles é o que ela realmente quer. A moça envia seus pretendentes em tarefas aparentemente impossíveis para tentar evitar o casamento com um estranho que não ama. Mas Kaguya terá que enfrentar seu destino e punição por suas escolhas.
    Livre

12/08

19:30

CINESESC - O SONHO DE WADJA - Arsenal - Cinema
  • (Haifaa Al-Mansour, Alemanha/Arábia-Saudita, Drama, 2012, 98min.)
    Wadjda é uma menina de 12 anos que mora no subúrbio de Riade, capital da Arábia Saudita. Embora ela viva em uma cultura conservadora, é uma garota cheia de vida, que usa calça jeans, tênis, escuta rock-n'-roll e deseja apenas uma coisa: comprar uma bicicleta e disputar uma corrida com seu melhor amigo Abdallah. Mas, em uma sociedade que diz que as bicicletas são apenas para os meninos porque podem ser perigosas para a virtude das meninas, ela enfrentará muitas dificuldades para realizar seu sonho.
    Livre

12/08

20:00

SESC AMAZÔNIA DAS ARTES – TRÊS MATUTOS E UM ARIGÓ (TO) - Arsenal - Teatro
  • 3 Matutos e 1 Arigó é um projeto de música instrumental que tem por objetivo a expressão musical do Norte e Nordeste aliada ao jazz, ao unir ritmos populares como forró, baião, maxixe, xote com a linguagem do jazz, o grupo conseguiu conquistar o público e crescer na cena instrumental dentro e fora do Tocantins, de uma forma alegre e criativa bem característica destas regiões brasileiras. O grupo conta com quatro integrantes: Ceará (baixo), Michel (guitarra), Samuel (bateria) e Tarcisio (teclado). Sem grandes pretensões, o grupo começou a se apresentar em algumas casas de shows e eventos em Palmas e percebeu o potencial de seu trabalho, o grupo prova que é possível fazer música popular de qualidade e conquistar um público que inicialmente não se imaginaria ouvindo instrumental.