Agosto 2018

12/08

10:00

TEATRO - AMAZÔNIA DAS ARTES - Arsenal -
  • UM CONTO DE AMOR NORDESTINO COM TEATRO IMAGEM (MT)

    Sinopse: Um Conto de Amor Nordestino narra a história de amor mais atrapalhada e divertida que já se teve conhecimento em toda Maranguape. E é vinda de lá do interior de do Ceará que vocês vão conhecer Maria Jezebel: Uma moça cheia de garra e talento para administrar a sua padaria, na companhia de Arlindo Severino, seu fiel amigo; e João Lionel, seu verdadeiro amor. Os três vivem cômicas e intrigantes aventuras! Mas entre lobisomens, desencontros e atrapalhadas, o que esse trio mais quer, no final das contas, é encontrar paz, aconchego e amor. Com um rico cenário composto por quadros em xilogravura, figurinos distintos e narrativa inspirada em nossa literatura de cordel, o espetáculo propõe um diálogo de imersão na cultura popular e na riqueza cultural vinda da encantadora região nordeste de nosso país. Com acessibilidade em libras.

     

    Duração: 50 minutos

    03/08 | 20h | Jardim | Gratuito | Livre

     

    ATENAS: MUTUCAS, BOI E BODY, SANTA IGNORÂNCIA COM CIA DE ARTES (MA)

    Sinopse: A peça é o segundo procedimento da Trilogia do Boi/Dramaturgia do anônimo, iniciado em 2010 com 'O Miolo da Estória”. Em ATENAS, uma mãe enfrenta sua comunidade em defesa de um filho. O espetáculo de características processionais apoia-se na triangulação tragédia, bumba-meu-boi e Atenas brasileira (epíteto da cidade de São Luís). Apresenta uma discussão entre as relações cívico-mítico-religiosas das cidades com seus cidadãos, utilizando-se dos heróis anônimos do folguedo popular como porta-vozes dos trágicos conflitos contemporâneos.

     

    Duração: 100 minutos

    04/08 | 20h | Salão Social e Teatro | 1 litro de leite UHT | 16 anos

     

    ORAÇÃO PARA UM PÉ DE CHINELO COM CIA TANTO DE LÁ QUANTO DE CÁ (AC)

    Sinopse: Após um latrocínio, fugindo de um esquadrão da morte formado por policiais, o bandido Bereco procura abrigo no barraco do alcoólatra Rato, delator e tuberculoso, e o encontra acompanhado pela prostituta Dilma. Bereco aposta, como uma tábua da salvação, na possibilidade da uma rendição sem violência através dos vínculos de delação que os policiais supostamente teriam com Rato. O medo e a iminência da morte estabelecem um jogo desesperado pela sobrevivência destes personagens à margem da sociedade. Encurralados pelo desespero e desconfiança mútua, o espaço para a ação e os pactos tornam-se estreitos e movediços. Rato e Dilma só querem fugir da armadilha adotada como única condição de sobrevivência por Bereco.

     

    Duração: 60 minutos

    05/08 | 20h | Teatro | 1 litro de leite UHT | 16 anos

     

     

    ALICE COM GRUPO FACES JOVEM (MT)

    Sinopse: Alice não se vê como Fernando e quando começa a ir com roupas com as quais se identifica para Escola sofre violência de alguns alunos e descaso dos professores que não podem e não querem discutir gênero. Entre as descobertas da adolescência e das fronteiras de seu próprio corpo, Alice luta pelo direito de ser feliz.

     

    Duração: 50 minutos

    11/08 | 20h | Salão Social | 1 litro de leite UHT | 16 anos

     

    (IN)VISIBILIDADE COM RAFAEL BARROS (RO)

    Sinopse: Proposta performativa que engendra reflexão sobre as trans-identidades em vias públicas em uma combinação de vários elementos durante o seu ato.

     

    Duração: 40 minutos

    12/08 | 10h | Feira Livre do CPA II, Cuiabá |Gratuito | Livre

12/08

17:30

SESSÃO PIPOCA - PROGRAMAÇÃO DE AGOSTO - SESC ARSENAL - Arsenal - Cinema
  • BRICHOS – A FLORESTA É NOSSA

    (Paulo Munhoz, Brasil, Animação, 2012, 83min.)

    Sinopse: Os habitantes da Vila dos Brichos precisam decidir o futuro da sua cidade, ameaçada de perder sua floresta para investidores terroristas internacionais. Armados de coragem, inteligência e bom humor, nossos heróis encaram o desafio que será decidido nas areias de Noforest, na gelada Iceforest e na exuberante Brainforest.

    04, 12/08 | 17h30 | Cinema | Gratuito | Livre

     

    ABRIL E O MUNDO EXTRAORDINÁRIO

    (Franck Ekinci / Christian Desmares, França, Animação / Aventura, 2016, 105min.)

    Sinopse: Em 1941, a França, ainda em um estado atrasado de desenvolvimento, presa ao século dezenove, é governada por Napoleão V. Durante um período de 70 anos, uma coisa peculiar vem acontecendo: cientistas franceses desaparecem misteriosamente sem que ninguém saiba por qual motivo. As coisas mudam quando os pais de Avril, dois cientistas, somem e a filha decide ir à procura dos dois. 

    05, 18 e 26/08 | 17h30 | Cinema | Gratuito | Livre

     

     O CASTELO NO CÉU

    (Hayao Miyazaki, Japão, Animação / Ação, 1989, 124min.)

    Sinopse: Pazu, um aprendiz de engenheiro, conhece uma jovem garota dona de um colar brilhante, Sheeta, e descobrem que ambos estão procurando pelo legendário castelo flutuante. Assim começa uma aventura com piratas gananciosos dos céus, agentes secretos e obstáculos que tentam esconder a verdade e resgatar o misterioso colar.

    11 e 19/08 | 17h30 | Cinema | Gratuito | Livre

12/08

19:30

CINESESC PROGRAMAÇÃO DE AGOSTO - Arsenal - Cinema
  • CINESESC COM EMBAIXADA DA ALEMANHA

     

    PAI [BABAI-FATHER]

    (Visar Morina, Alemanha, 104 min, 2014/15)

    Sinopse: Kosovo na década de 1990, antes do ataque sérvio e da guerra que se seguiu: o menino de dez anos, Nori, e seu pai, Gezim, vivem da venda ilegal de cigarros contrabandeados. Gezim quer ir para a Alemanha a qualquer preço, mesmo que para isso precise deixar o filho com parentes. Nori tenta durante muito tempo ficar junto do pai, mas seus esforços acabam sendo vãos. O menino então decide aventurar-se em uma longa e perigosa viagem para procurar Gezim na Alemanha. O reencontro não acontece como ambos haviam imaginado. Não há esperança de um futuro melhor.

    02/08 | 19h30 | Cinema | Gratuito

     

     

    CINESESC: DIFERENÇAS E EFICIÊNCIAS

     

    DANÇANDO COM A DIFERENÇA - ROAD

    (Zito Marques, Brasil, documentário, 2016, 42min.)

    Sinopse: No Teatro Viriato (Viseu, Portugal), durante 3 meses em 2014 desenvolveu-se um trabalho de sensibilização para a inclusão através da dança com diversas instituições que prestam apoio a pessoas com deficiência, com Henrique Amoedo. DANÇANDO COM A DIFERENÇA – ROAD, experiências práticas no âmbito da inclusão através da dança. Zito Marques e Ana Filipa Rodrigues, acompanharam este projeto e um dos resultados é este documentário sensível e revelador da aplicação do conceito de Dança Inclusiva proposto por Amoedo.

    03, 12 e 25/08 | 19h30 | Cinema | Gratuito | Livre

     

    SE ESSE FILME FOSSE MEU

    (Beatriz Craveiro, Brasil, 2015, 17 min.)

    Sinopse:  Um filme de e sobre crianças. O que importa é a relação entre a equipe e aqueles que são filmados; colocando os dois lados em choque, interação, desconhecimento provocado pela presença da câmera.Uma equipe de filmagem se encontra com três meninas com a intenção de realizar um documentário em processo colaborativo. O filme expõe as dificuldades em se lidar com o diferente, sem trazer a Síndrome de Down como tema principal.

     

    ESCUTE

    (Manoela Meyer, Brasil, Documentário, 2015, 25min.)

    Sinopse:  A experiência de um cego que é cineasta. O casal com deficiência visual que não vê qualquer impedimento para deixar de frequentar salas de cinema. A sensibilidade para sonorizar filmes sem enxergar. Este é um documentário sobre percepções de pessoas com deficiência visual a respeito de estética, imaginação e sentimentos no cinema. Também são discutidas questões sobre o cinema como espaço social e cultural e o funcionamento perceptivo e cerebral de videntes e cegos. Com acessibilidade em libras

    09, 18 e 26/08 | 19h30 | Cinema | Gratuito | Livre

     

     

    OUTRO OLHAR – UMA NOVA PERSPECTIVA

    (Renata Sette, Brasil, Documentário, 2014, 26min.)

    Sinopse: A história da estudante gaúcha Renata Basso, que tem síndrome de Down e acaba de concluir o ensino médio, é o fio condutor de um retrato impressionante sobre a educação inclusiva no Brasil. Por meio de entrevistas com professores, colegas de classe, familiares e a própria Renata, o filme mostra que o esforço coletivo torna possível oferecer uma aprendizagem de qualidade a estudantes especiais.

     

     

    OUTRO OLHAR – CONVIVENDO COM A DIFERENÇA

    (Renata Sette, Brasil, Documentário, 2015, 34min.) 

    Sinopse: Outro Olhar – Convivendo com a Diferença' é um documentário que conta a história de um indivíduo para buscar o universal. O individuo, no caso, é Charbel Gabriel, um senhor de 60 anos que ainda trabalha, exercita-se, cuida-se, estuda, interage diariamente com a família e a comunidade e tem síndrome de Down.

    10, 19 e 30/08 | 19h30 | Cinema | Gratuito | Livre

     

    O PODER DE DIANE

    (Fabien Gorgeart, França, Comédia, 2017, 87min.) 

    Sinopse: Sem hesitação, Diane aceitou carregar o filho de Thomas e Jacques, seus melhores amigos. É nessas circunstâncias, não muito ideais, que ela se apaixona por Fabrizio. Com audiodescrição.

    04 e 24/08 | 19h30 | Cinema | Gratuito | 12 anos

     

    COLEGAS

    (Marcelo Galvão, Brasil, Comédia, 2012, 103min.)  

    Sinopse: O ponto de vista de três jovens com síndrome de Down, colegas que se comunicam basicamente por meio de frases célebres do cinema, resultado dos anos em que trabalharam na videoteca do Instituto Madre Tereza. Um dia, inspirados pelo filme Thelma & Louise, resolvem fugir no velho carro do jardineiro em busca de seus sonhos. Com acessibilidade em libras e audiodescrição.

    11, 23 e 31/08 | 19h30 | Cinema | Gratuito | 12 Anos

     

     

    DE CARONA PARA O AMOR

    (Gabriel Mascaro, Brasil, Documentário, 2013, 76min.) 

    Sinopse: Sete adolescentes assumem a missão de registrar por uma semana a sua empregada doméstica e entregar o material bruto para o diretor realizar um filme com essas imagens. Entre o choque da intimidade, as relações de poder e a performance do cotidiano, o filme lança um olhar contemporâneo sobre o trabalho doméstico no ambiente familiar e se transforma num potente ensaio sobre afeto e trabalho.

    05 e 16/08 | 19h30 | Cinema | Gratuito | 10 Anos

     

    Debate sobre “Cinema de Acessibilidade”

    17/08 | 19h30 | Cinema | Gratuito