Agosto 2017

13/08

16:00

ENCONTRO DE DESENHO COM O ARTISTA VISUAL ADRIANO FIGUEIREDO - Arsenal - Caldeirão de Imagens
  • O encontro é para quem gosta do universo do desenho e da pintura, um espaço para profissionais e iniciantes a partir dos 14 anos, compartilharem informações sendo orientados por um artista visual.
    Nesta edição as atividades serão orientadas pelo artista visual Adriano Figueiredo. 

    Caldeirão de Imagens | Livre | 20 vagas | 02 L leite UHT | Informações: 3616-6921/6932

13/08

17:30

SESSÃO PIPOCA - ASTERIX E O DOMÍNIO DOS DEUSES - Arsenal - Cinema
  • (Louis Clichy, Alexandre Astier, FRA/Bélgica, Animação/ Aventura/Comédia, 2016, 86 min.)
    O imperador romano Júlio César sempre quis derrotar os irredutíveis gauleses, mas jamais teve sucesso em seus planos de conquista. Até que, um dia, ele resolve mudar de estratégia. Ao invés de atacá-los, passa a oferecer os prazeres da civilização aos gauleses. Desta forma, Júlio César ordena a construção da Terra dos Deuses ao redor da vila gaulesa, de forma a impressioná-los e, assim, convencê-los a se unir ao império romano. Só que a dupla Asterix e Obelix não está nem um pouco disposta a cooperar com os planos de César.
    Livre

13/08

19:30

CINESESC - TATUAGEM - Arsenal - Cinema
  • Hilton Lacerda, Brasil, Drama, 2013, 110min.)
    Recife, 1978. Clécio Wanderley é o líder da trupe teatral Chão de Estrelas, que realiza shows repletos de deboche e com cenas de nudez. A principal estrela da equipe é Paulete, com quem Clécio mantém um relacionamento. Um dia, Paulete recebe a visita de seu cunhado, o jovem Fininha que é militar. Encantado com o universo criado pelo Chão de Estrelas, ele logo é seduzido por Clécio. Não demora muito para que eles engatem um tórrido relacionamento, que o coloca em uma situação dúbia: ao mesmo tempo em que convive cada vez mais com os integrantes da trupe, ele precisa lidar com a repressão existente no meio militar em plena ditadura.
    16 anos

13/08

20:00

SESC AMAZÔNIA DAS ARTES – SE DEIXAR, ELA CANTA – CIA CANGANPÉ (AP) - Arsenal - Teatro
  • Uma das mais belas e talentosas cantoras de todos os tempos, dona de uma brilhante e encantadora voz, ela não é Maysa, nem Beyoncé, nem Amy Winehouse, ela não é Patrícia Bastos, muito menos Joelma Calypso, ela é nada mais, nada menos do que: Perualda, a maior estrela da música amapaense (segundo ela mesma) e, nesta noite apresentará o show mais importante de sua carreira. Porém, seus assistentes, os palhaços Chimbinha e Mulambo parecem não estar tão certos assim do enorme talento de Perualda, e, já cansados de ouvir sua voz desafinada e a extrema falta de simpatia da pseudo estela, tentam o que podem para atrapalhar. Pois convencida do seu talento “Se deixar, ela canta”o que seria um belíssimo espetáculo, acaba se transformando em uma divertida grande confusão!