Sexta-feira é dia de Bulixo Cacerense, um encontro entre lazer e cultura

Estimulando as produções da arte culinária e artesanal, o Bulixo enaltece as ações dos alunos de EJA

Nesta sexta-feira (5), acontece a 7ª edição do Bulixo Sesc Ler Cáceres, reunindo artesanato, gastronomia e espetáculos. O evento pretende enaltecer as realizações dos alunos do projeto de Educação Jovens e Adultos (EJA), levando entretenimento gratuito para a população. Com início às 18h30, conta com ações de outras unidades do Sesc Mato Grosso.
A programação pensada para o público traz parcerias especiais, que unidas transformam o Bulixo Cacerense em um encontro cultural dinâmico e espaço de novas experiências. Desta forma, durante o evento será possível assistir ao espetáculo “Palhaçando”, criação do Palco Giratório que chega a Cáceres por meio do projeto “Sesc na Estrada”. 
O público também poderá conferir as obras de Tânia Pardo, por meio da exposição “Ainda há tempo?”, apresentando um olhar questionador para a relação do homem com o meio ambiente, a artista propõe uma troca sensível entre conhecimento e sentimentos despertados por sua arte.
A culinária tradicional não fica de fora e serão comercializadas as produções dos alunos do projeto Educação Jovens e Adultos. Com muito sabor e carinho, os alimentos foram preparados pelos participantes do projeto. Permitindo o incentivo as habilidades e trocas de vivências no processo de formação dos educandos.
Sobre o Bulixo no Sesc Mato Grosso
O Bulixo nasceu no Sesc Arsenal, onde comerciantes locais são convidados a participar e tornarem-se bulixeiros da casa. Desde o início, o evento tem como foco enaltecer a cultura local, bem como sua produção, proporcionando aos frequentadores da unidade um contato mais próximo com as tradições regionais. Sendo assim, as quintas-feiras passaram a ser os dias de encontro entre cultura, culinária e visitantes.
Na unidade Sesc Ler Cáceres, o Bulixo surge com outras características, a fim de valorizar a criatividade, companheirismo e respeito entre os alunos do EJA. Ajusta-se a proposta e integra a comunidade na ação educacional, aliando bem-estar social com o progresso dos envolvidos no projeto.
Com comidas típicas, artesanatos, valorização cultural, preços acessíveis e experiências agradáveis, a população pode contar com as principais características do Bulixo. Assim, os alunos e toda a equipe do realiza um encontro especial com a população, promovendo cultura, lazer e atividades que possibilitem o desenvolvimento social, enaltecendo elementos da cultura do povo mato-grossense.